Terça, 04 de Outubro de 2022
20°

Chuva

Magé - RJ

Anúncio
Geral Mato Grosso do Sul

Fazendo Arte invade universo místico e religioso da artista Monique Merlone

Nascida no Rio de Janeiro e radicada em Mato Grosso do Sul, a artista visual Monique Merlone pinta desde criança por influência do pai e avô, sendo...

23/09/2022 às 12h55
Por: Redação Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:
Desde 2016, Monique integra a Confraria Sociartista e seu ateliê fica no Jardim Itatiaia
Desde 2016, Monique integra a Confraria Sociartista e seu ateliê fica no Jardim Itatiaia

Nascida no Rio de Janeiro e radicada em Mato Grosso do Sul, a artista visual Monique Merlone pinta desde criança por influência do pai e avô, sendo que suas pinturas retratam flores, peixes, pássaros, budas, anjos, santos, entre outros temas ligados às experiências de vida. Atualmente explora temáticas relacionadas à ufologia, tendo como base as tintas acrílica e PVA, que colorem telas e madeiras, compondo um universo místico e multicolorido. Documentário sobre ela pode ser conferido na edição do programa Fazendo Arte que entra na grade da TV ALEMS neste domingo (25), às 14h15. 

Monique Merlone nasceu em 1957 no Rio de Janeiro, viveu parte da infância nos bairros Santa Tereza e Tijuca e mais tarde se mudou com a família para Nova Friburgo. Como gostava de rabiscar e desenhar nas paredes do quarto, influenciada pelo pai e avô, que também pintavam, a pequena artista constantemente era presenteada com aquarelas, giz creon, lápis de cor e pequenas telas. 

Na adolescência, descobriu a tinta nanquim, passando a desenhar monstros com materiais, como bicos de pena e pinceis. Eram desenhos que colocavam para fora os seus sentimentos, por meio da arte. “Uma forma de arteterapia para aliviar algumas tensões, como a separação dos meus pais”, conta. 

Em 1977, Monique conheceu Othoniel Mato Grosso, que era de Campo Grande e estudava no Rio de Janeiro. Começaram a namorar e casaram em 78, se mudando para a Capital Morena. Em 79 nasceu Diogo, primeiro filho do casal. 

A artista continuou pintando sem a preocupação de vender suas obras, porém com a ideia de estudar. Em 1980, foi aprovada pela UFMS no primeiro vestibular do curso de Educação Artística, com licenciatura em Artes Plásticas. Grávida de Tiago, o segundo filho, Monique trancou o curso e acabou se formando somente em 1986. 

Antes de começar a vender suas obras, Monique as levou até a galeria da marchand Yara Penteado, que comprou várias. A partir daí, as participações em exposições tiveram início. 

Temas

Merlone trabalha com tintas acrílica e PVA sobre tela e madeira, retratando imagens de árvores, peixes, frutas, animais, santos, ufologia, entre outros temas. Artistas amigos consideram que sua produção santeira revela o grande potencial da artista. 

Ela aperfeiçoou os estudos com Teresinha Neder, em Campo Grande, e com Carlos Scliar, em Cabo Frio, amadurecendo sua arte. Na década de 90, coordenou o núcleo de artes visuais da Fundação de Cultura na gestão da então secretária Idara Duncan, e também foi curadora do Museu de Arte Contemporânea (Marco). 

Desde 2016, Monique integra a Confraria Sociartista, coletivo de artistas criado por Pedro Guilherme Góes para projetar a arte regional a um número cada vez maior de pessoas. Também mantém seu ateliê no Jardim Itatiaia, bairro em que também é presidente. 

Pós-graduada em Educação Especial Superdotação, a artista é professora de artes no Centro Estadual de Atendimento Multidisciplinar para Altas Habilidades/Superdotação (CEAM/AHS). 

Fazendo Arte

As artes são formas de expressão criadas através de inúmeras formas e materiais e, de acordo com a vontade do artista, se transformam em grandes produções. Para valorizar esse universo, a TV ALEMS implantou em sua grade de programação o programa ‘Fazendo Arte’, que vem exibindo documentários sobre artistas e movimentos que enriquecem a cultura sul-mato-grossense. 

Produzido e apresentado pelo jornalista João Humberto, o programa pode ser assistido na TV ALEMS (canal 9 da NET) às terças e quintas, a partir das 18h15, sextas às 10h, e domingos às 14h15, além do YouTube da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.


 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários