Segunda, 03 de Outubro de 2022
20°

Chuva

Magé - RJ

Anúncio
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Publicada lei que redefine limite de parque da Serra dos Órgãos, no Rio de Janeiro

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) O Parque Nacional da Serra dos Órgãos foi criado em 1939 Entrou em vigor a lei q...

22/09/2022 às 15h20
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)
Vista aérea de morros com matas e nuvens no cume
O Parque Nacional da Serra dos Órgãos foi criado em 1939

Entrou em vigor a lei que redefine limites para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, localizado no estado do Rio de Janeiro. A Lei 14.452/22 foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (22).

Originado no Projeto de Lei 8823/17, do deputado Hugo Leal (PSD-RJ), o texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados em setembro de 2021 e em agosto deste ano pelo Senado Federal.

O objetivo da norma é incorporar novas áreas com cobertura florestal íntegra e excluir outras ocupadas há décadas. O texto retira do parque áreas ocupadas hoje por produtores rurais do vale do Bonfim, no município de Petrópolis (RJ), e o bairro da Barreira, no município de Guapimirim (RJ). Essas áreas vão compor a Área de Proteção Ambiental (APA) de Petrópolis, existente desde 1992.

Criado em 1939, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos preserva um dos últimos refúgios da flora e da fauna da Mata Atlântica. Segundo a lei, o objetivo do parque é proteger o patrimônio histórico, as amostras significativas da mata e sua biota associada, possibilitando a realização de pesquisas científicas, atividades de educação e de interpretação ambiental, recreação em contato com a natureza e turismo ecológico.

Pela norma, a administração da unidade será feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal ligado ao Ministério do Meio Ambiente. Caberá ao ICMbio promover a desapropriação por utilidade pública das terras e benfeitorias particulares que estiverem dentro dos novos limites do parque.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários