Domingo, 26 de Junho de 2022
19°

Chuva

Magé - RJ

Anúncio
Cidades Mato Grosso

Prefeitura de Lucas do Rio Verde informa sobre recolhimento de lotes de Losartana nas farmácias

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Saúde, informa que, após determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (An...

23/06/2022 às 19h25
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Lucas do Rio Verde - MT
Compartilhe:
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, por meio da Secretaria de Saúde, informa que, após determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a medicação anti-hipertensivo losartana foi recolhida das farmácias municipais. A retirada é somente do lote 21F52N da marca PRATI DONADUZZI. A medida foi tomada pela Anvisa devido à presença de impureza química concentrada, acima do limite de segurança aceitável.

De acordo com a Assistência Farmacêutica Municipal, o lote nº 14183844 da marca TEUTO não está nos lotes relacionados pela Anvisa, sendo assim, podendo ser utilizado.

É importante ressaltar que o paciente em uso de losartana não deve interromper o tratamento, uma vez que isso poderia trazer riscos para a sua saúde. O paciente que possui medicação com o lote indicado deve se dirigir até as farmácias municipais para troca.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Sanitaria, Nadielle Patrícia da Silva Cruz, a equipe estará monitorando as drogarias e farmácias da cidade. “É importante que os proprietários de drogarias e farmácias se atentem para essa resolução da Anvisa e façam o recolhimento de todos os lotes das empresas citadas. A Vigilância Sanitária irá realizar inspeções para monitorar a situação”, pontua.

A medida é preventiva, adotada após novas descobertas sobre as impurezas, e foi executada após a realização de análises nos produtos do mercado brasileiro para identificação da presença do azido que é uma impureza que surge no processo de fabricação. As análises foram realizadas pelos fabricantes do medicamento no Brasil por determinação da Anvisa.

Segundo a farmacêutica Fernanda Dotto, a população precisa continuar tomando sua medicação de acordo com as orientações de seu médico e que qualquer alteração de tratamento e medicamento só deve ser feita com orientação médica.

Usuários do medicamento - o que é importante saber:

• Há no mercado outras losartanas que podem substituir os medicamentos recolhidos ou interditados.

• Somente troque de medicamento quando já tiver o novo em mãos, pois a interrupção do tratamento da hipertensão arterial e da insuficiência cardíaca pode produzir malefícios instantâneos, inclusive risco de morte por derrame, ataques cardíacos e piora da insuficiência cardíaca.

• Para solicitar a troca do medicamento recolhido ou interditado, entre com contato com o SAC da empresa responsável. É dever da farmácia fazer a substituição ou troca de medicamentos nestas condições.

• Não há risco imediato em relação ao uso dessa medicação, porque não existem dados que indiquem um aumento dos eventos adversos.

• Os medicamentos contendo “sartanas” são seguros e eficazes no controle do tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca, reduzindo significativamente o risco de derrame e infarto.

• Losartana é considerado um medicamento seguro e eficaz, os registros desses medicamentos continuam válidos no Brasil e em vários outros países

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.