Domingo, 26 de Junho de 2022
19°

Chuva

Magé - RJ

Anúncio
Saúde Tocantins

SES inicia oficinas práticas sobre coletas de exames preventivos de câncer de colo de útero

Equipes do Lacen e da Gerência de Oncologia treinam técnicos de 57 municípios para a realização de exames citopatológicos

23/06/2022 às 15h50
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Compartilhe:
Técnicos de 57 municípios serão multiplicadores e conheceram as dependências do Lacen-TO onde serão processados os exames - Foto: SES/Governo do Tocantins
Técnicos de 57 municípios serão multiplicadores e conheceram as dependências do Lacen-TO onde serão processados os exames - Foto: SES/Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou em Palmas nesta quinta-feira, 23, a oficina prática para qualificação do rastreamento do câncer do colo de útero. O treinamento, sob o comando das equipes do Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen-TO) e da Gerência da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, atende 57 municípios.

Segundo a diretora-geral do Lacen-TO, Jucimária Dantas, o cronograma do curso foi dividido em duas etapas, uma teórica, realizada de 6 a 17 de junho pela plataforma online Moodle e, agora, com as aulas práticas. “A primeira fase fizemos em parceria com a equipe da Etsus [Escola Tocantinense do SUS], com disponibilização das questões teóricas, diretrizes brasileiras para o rastreamento do câncer de colo de útero e manual de procedimentos padrões de coletas para nova metodologia em meio líquido que o Lacen-TO irá utilizar”, afirmou.

“Nestes dois dias, os técnicos dos municípios estarão conhecendo as dependências do Lacen -TO, onde serão processados os exames, receberão informações sobre o Siscan [Sistema de Informação do Câncer], as diretrizes e as orientações da Citologia em Meio Líquido e a realização prática dos exames com estudo de caso”, acrescentou a diretora Jucimária Dantas.

No total, dois técnicos de cada município participaram e serão multiplicadores. Os participantes foram divididos em quatro turmas, das regiões de saúde Cerrado Tocantins Araguaia, Bico do Papagaio e Médio Norte Araguaia.

A previsão é de que, até agosto deste ano, todas as equipes estejam treinadas e o Lacen-TO passará a emitir os primeiros laudos dos exames coletados, garantindo um serviço de qualidade com tecnologia inovadora, ofertado pela própria SES, o que reduzirá custos e tempo na entrega dos resultados. “A nova metodologia é extremamente eficiente e vai aumentar a sensibilidade do exame, identificar mulheres com lesões precursoras do câncer em andamento e proporcionar um tratamento oportuno a todas”, pontuou Jucimária Dantas.

Para a enfermeira Rosemeire Vieira Pereira Aquino, atuante no município de São Miguel do Tocantins, “nossas expectativas são as melhores, por tudo que nos foi apresentado aqui. Conhecemos o Lacen - TO, seus profissionais e a tecnologia que irão utilizar para a realização das amostras. Saímos daqui capacitados para realizar a nova forma de coleta e com a certeza de que teremos os resultados no prazo de 30 dias, o que nos dará mais credibilidade”, enfatizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.