Sábado, 25 de Junho de 2022
19°

Poucas nuvens

Magé - RJ

Anúncio
Geral Mato Grosso do Sul

Polícia Militar Ambiental de Campo Grande prende e autua infrator de 28 anos por maus tratos ao deixar cachorros sem água, sem alimentação e infestados por carrapatos

Campo Grande (MS) -  Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Campo Grande recebeu denúncias de moradores, do bairro Jardim Novos Estados, e...

23/06/2022 às 12h01
Por: Redação Fonte: PM - MS
Compartilhe:
Foto: Divulgação/PM - MS
Foto: Divulgação/PM - MS

Campo Grande (MS) -  Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Campo Grande recebeu denúncias de moradores, do bairro Jardim Novos Estados, em razão de dois cachorros de grande porte, estarem sofrendo maus-tratos.

A PMA foi ao local e constatou que os animais, da raça Leão da Rodésia,   se encontravam sem alimentação e água, apresentando visíveis sinais de desnutrição e desidratação, excessiva infestação por carrapatos. No ambiente havia muitas fezes, inclusive, líquidas e sanguinolentas, indicando más condições de saúde.

Foto: Divulgação/PM - MS
Foto: Divulgação/PM - MS

Os Policiais disponibilizaram água e alimento para os cães, tendo em vista que o tutor dos animais não estava, e conforme informações dos vizinhos, ele não era visto pelo local há dias. A equipe fez contato via telefone com uma ONG (Instituto Guarda Animal) que se prontificou a acolher temporariamente os animais, inclusive, levando os cães para uma clínica médica veterinária na Capital.

O homem (28), residente em Campo Grande,  foi localizado pela equipe Policial, e conduzido à Delegacia de Polícia Civil, ele também  foi  autuado administrativamente e foi multado em R$ 6.000,00 por maus tratos. Ele responderá por crime ambiental, com pena de dois a cinco anos de reclusão.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.