Sábado, 25 de Junho de 2022
17°

Poucas nuvens

Magé - RJ

Anúncio
Geral Mato Grosso do Sul

Proposta visa fortalecer a cultura e identidades regionais

O “Dia Estadual de Valorização do Patrimônio Cultural Sul-Mato-Grossense” pode entrar no calendário oficial de eventos do Estado. É o que prevê o ...

22/06/2022 às 19h00
Por: Redação Fonte: Assembleia Legislativa - MS
Compartilhe:
Deputada Mara Caseiro, autora da proposta, enfatiza a importância da preservação dos bens culturais do Estado
Deputada Mara Caseiro, autora da proposta, enfatiza a importância da preservação dos bens culturais do Estado

O “Dia Estadual de Valorização do Patrimônio Cultural Sul-Mato-Grossense” pode entrar no calendário oficial de eventos do Estado. É o que prevê o Projeto de Lei 187/202 2 , de autoria da deputada estadual Mara Caseiro (PSDB), líder do Governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). 

A proposta é que a data seja comemorada anualmente, todo dia 17 de agosto, para celebrar a história do Estado de Mato Grosso do Sul, rememorando a data nacional, pois 17 de agosto de 1998 foi marcado como o Dia Nacional do Patrimônio Histórico no país. Após mais de 60 anos, a data ganhou significado com a criação do mais importante órgão de preservação do Brasil: o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Conforme a justificativa do projeto, por meio da data serão incentivadas políticas públicas de preservação e valorização dos bens culturais, promovendo comemorações alusivas que contemplem atividades de sensibilização e de educação sobre o patrimônio cultural material e imaterial do Estado.

“A lei, como se extrai de seu texto, tem como objetivo promover a reflexão sobre a importância da preservação dos bens culturais do Estado de Mato Grosso do Sul, fortalecendo as identidades regionais, garantindo o direito à memória e contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico do Estado”, relatou a deputada Mara Caseiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.