Domingo, 26 de Junho de 2022
19°

Chuva

Magé - RJ

Anúncio
Geral Maranhão

Governo do Maranhão realiza formação do Mais Integral para equipes de redes municipais de Educação

Na abertura da formação houve apresentação da Banda Sinfônica Tomaz de Aquino Leite, do IEMA Escola de Música do Maranhão ‘Lilah Lisboa’. 

22/06/2022 às 16h55
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
- Secretária de Educação Leuzinete Pereira da Silva dá boas-vindas as participantes. (Foto: Divulgação)
- Secretária de Educação Leuzinete Pereira da Silva dá boas-vindas as participantes. (Foto: Divulgação)
22/06/2022

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza nestas quarta-feira (22) e quinta-feira (22) a ‘I Formação de Aprofundamento em Projeto de Vida’ para professores, gestores pedagógicos e coordenadores das secretarias municipais de Educação dos 21 municípios que aderiram ao programa em 2022. A formação, que acontece no IEMA Centro, faz parte do processo de implementação das Unidades Mais Integral (UMI) nas redes municipais de ensino, por meio do Programa Mais Integral, criado pelo Governo do Estado em julho de 2021. 

No total, 65 professores de Projeto de Vida, 21 gestores pedagógicos das UMIs e 21 coordenadores das Semeds participam da formação, que tem entre os objetivos: fazer os educadores compreenderem o Projeto de Vida como uma metodologia de êxito na construção de uma nova cultura escolar na centralidade do modelo educacional; conhecer propostas metodológicas que possibilitem aos docentes de Projeto de Vida trabalhar o desenvolvimento integral do estudante protagonista, por meio de competências cognitivas, pessoais e socioemocionais expressas em círculos terapêuticos, entre outros.  

Na abertura da formação houve apresentação da Banda Sinfônica Tomaz de Aquino Leite, do IEMA Escola de Música do Maranhão ‘Lilah Lisboa’.  

A secretária de Estado da Educação, Leuzinete Pereira da Silva, ressaltou a importância da Política de Educação Integral na vida dos estudantes.  

“Trouxemos os municípios para o IEMA Centro, uma escola de tempo integral, exatamente para tratar dessa política tão importante que é a Educação de Tempo Integral. Nós temos uma rede de quase 100 escolas de tempo integral que são os IEMAs e os Centros Educa Mais. Além de cumprir a meta VI do Plano Nacional de Educação, nós acreditamos nessa política de educação porque ela protagoniza os jovens, fortalece a aprendizagem em todas as suas facetas e humaniza o processo educacional. É por isso que, além de ter em nossa rede escolas de tempo integral, nós estamos apoiando municípios a terem escolas de tempo integral nas suas redes”, enfatizou a secretária.  

O secretário Adjunto de Educação Profissional e Integral da Seduc, André Bello, destacou que o Programa Mais Integral nasceu de um sonho e que a união fará a diferença. 

“O Mais Integral nasceu primeiramente de um sonho e hoje é uma realidade! Uma realidade onde nós percebemos que os alunos que saiam do Ensino Fundamental, chegavam ao Ensino Médio muito aquém de todo o seu potencial. E nós precisávamos potencializar esse aluno. Porque talentos e qualidades todas têm. Então, o Mais Integral nasceu de um sonho de nós transformarmos a educação pública coletivamente, porque não pode o estado trabalhar para um lado e os municípios para o outro lado. Precisamos de união. E é por meio dessa união que estamos transformando a educação do Maranhão”, enfatizou André Bello. 

Durante os dois dias de formação, serão realizadas palestras com foco nas metodologias construtivas de Projetos de Vida. Entre os temas trabalhados estarão: ‘Projeto de Vida na BNCC e na escola: uma metodologia de êxito para a formação de protagonistas’; ‘Experiências vividas e expectativas de futuro na construção do Projeto de Vida: círculos de dialógicos com estudantes egressos’, entre outros.  

Secretários municipais de educação das cidades onde as Unidades Mais Integral (UMI) já estão em funcionamento, ressaltaram a alegria por terem aderido ao programa.  

“Nós aderimos ao Programa em 2021, e iniciamos em março deste ano. Estamos muito felizes como está funcionando o projeto em nossa escola. Sabemos que esse projeto vai ter um impacto na vida das nossas crianças, na educação do nosso município, para que tenhamos uma educação de qualidade aos nossos estudantes”, disse Claudiana Câmara, secretária municipal de Educação de Pastos Bons.  

A estudante Emanoely Santos, egressa do IEMA Itaqui Bacanga, escritora desde os 17 anos, e graduanda no curso de Direito, deu testemunho de sua experiência com o modelo de Educação Integral. E disse que teve a vida transformada.  

“Para mim o modelo pedagógico das escolas de tempo integral foi muito importante, inclusive foi a grande propulsão do meu projeto de vida, que começou como escritora e terminei entrando na graduação de Direito, que sempre foi uma das minhas metas de construção do meu projeto de vida. Com certeza, esse modelo me tornou protagonista da minha própria vida”, disse Emanoely.  

“Na nossa rede municipal nós já temos uma escola de tempo integral e tem sido satisfatório. Tenho visto todo o trabalho desenvolvido e o acompanhamento da equipe da Seduc tem sido de fundamental importância. É um projeto ousado que vai transformar a vida dos nossos estudantes. E estamos nessa formação fundamental porque o Projeto de Vida é o que mais nos encanta, porque os estudantes começam a pensar no futuro e são preparados para isso”, destacou Cristina Botelho, secretária Municipal de Educação de São Bento. 

O Mais Integral

O Programa Mais Integral foi instituído em julho de 2021 pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), com o intuito de conceder apoio técnico-financeiro a municípios, para estimular a implantação de escolas em tempo integral nas redes municipais, por meio do regime de colaboração entre a Seduc e as secretarias municipais de Educação. Com o estímulo à implantação de escolas em tempo integral nas redes municipais, o Governo visa promover a melhoria do fluxo escolar e a elevação dos indicadores educacionais em todo território maranhense. 

No dia do lançamento, em 09 de julho de 2021, 11 municípios aderiram ao Programa. Hoje, 11 meses depois, 89 municípios já assinaram Termo de Adesão ao ‘Mais Integral’ e estão com as equipes em processo de formação continuada para a implantação do Ensino Integral em suas redes. E 110 municípios já manifestaram interesse em fazer a adesão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.