Sábado, 25 de Junho de 2022
23°

Pancada de chuva

Magé - RJ

Anúncio
Geral Distrito Federal

A vez das artes marciais no DF

O Distrito Federal Open de Jiu-jitsu recebeu 1.460 atletas, sendo que 800 são atletas de projetos sociais

21/05/2022 às 15h05
Por: Redação Fonte: Agência Brasília
Compartilhe:
Debora Cronemberger Mendes Pereira
Debora Cronemberger Mendes Pereira

O Distrito Federal Open de Jiu-Jitsu recebeu a visita do governador do Distrito Federal neste sábado (21). Na competição, realizada no Ginásio de Esportes do Cruzeiro, Ibaneis Rocha prestou uma homenagem aos medalhistas do campeonato brasileiro da modalidade. “Temos que apoiar todas as iniciativas voltadas para o esporte na nossa cidade, porque tira as pessoas das ruas, da educação para nossas crianças”, comentou o governador.

Governador Ibaneis Rocha visitou a competição Distrito Federal Open de Jiu-Jitsu, que será realizada no Ginásio de Esportes do Cruzeiro até este domingo (22) | Foto: Renato Alves/Agência Brasília
Governador Ibaneis Rocha visitou a competição Distrito Federal Open de Jiu-Jitsu, que será realizada no Ginásio de Esportes do Cruzeiro até este domingo (22) | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O campeonato segue até domingo (22) com 1.460 atletas inscritos. Dentre os participantes, 800 são crianças de 43 projetos sociais. É o caso da estudante Ana Clara Cardoso (13), campeã brasileira de jiu-jitsu na categoria infanto-juvenil 2. Moradora de São Sebastião, ela é integrante do projeto social Campeões. E acredita que o jiu-jitsu mudou sua vida.

“Eu podia estar envolvida com drogas como muitas meninas da minha cidade”, ressaltou a lutadora. “As artes marciais, além de me darem disciplina, permitiram que eu realizasse o sonho de ser uma campeã”.

A secretária de Esportes, Giselle Ferreira, destaca que, pela primeira vez, a pasta tem uma diretoria voltada só para as artes marciais. “Não só apoiamos campeonato como o Distrito Federal Open, mas também realizamos entrega de quimonos para projetos sociais”, contou. “O esporte é muito mais do que lazer. Ele forma cidadãos”.

Para o professor de jiu-jitsu Adalberto Antônio Ventura, o incentivo do governo também vem em forma de ajuda para pagar a inscrição nos campeonatos. “Já vi muito atleta treinar muito e não ter dinheiro para pagar a entrada em uma competição”, lamentou. “O GDF tem ajudado muito nesse sentido”.

Governador Ibaneis prestigia medalhistas em campeonato de jiu-jitsu

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.